Vi quando me sorriste
e meu olhar se encantou
mas uma dôr me tomou
tão breve que tú partiste.

Pousei em ti meu olhar
e tú sorriste p'ra mim
e assim ali fiquei
para te vêr acordar.

Mas tú não mais acordas-te
nem eu mais sosseguei
e para ali eu fiquei
não há força que me baste.

Por tantos caminhos errei
e noutros tantos me perdi
em nenhum deles eu mais vi
pois da vida eu ceguei.

Todos os dias peço ao mar
uma lufada de ar
que me ajude a encontrar
o caminho de teu lar.

Como não te despedis-te
teu sorriso ficou no ar
tomou-o o céu e o mar

que não mais o vou largar...
até te poder abraçar
Tão cêdo que tú partis-te!...

MC

 

música: Saudade,amor,poesia,dor,sentimento
publicado por mcarvas às 21:44