A noite caíu de novo
Não há brilho no céu
escondeu sob seu véu
este triste caminho
toda sua aura, meu povo
nela perdeu seu destino.
Ao longe um brilho fosco
com receio de luzir
por não saber onde ir
planta um vazio tão ôco
com a tristeza desmaiada
deste lugar perdido.
Bem no centro foi erguia
uma pedra pois gravada
salpicada de palavras
e com doçura poemas
louvores, p'ra minha amada.
Não posso mais acordar
pois deixo de te vêr
começo logo a temer
não mais te voltar a vêr!...

MC

 

música: Saudade,amor,poesia,dor,sentimento
publicado por mcarvas às 21:06