Tão altas que vão as dores
tão ténue este fulgor
que por morrer meu amor
a vida perdeu as côres.

Tão cinzento que ficou
e de luto se vestiu
quando meu amor partiu
não mais o sol brilhou!

E uma névoa tornou
um coração perdido
n'um caco velho ferido
e a luz, não mais voltou.

Sonhos brancos que inventou
em sangue se esvaíram
com ela também partiram
e todo o mundo parou.

O dia ficou mais longo
e a noite tão comprida
é uma tristeza de vida 
uma vida de castigo!...

MC

 

publicado por mcarvas às 17:20