Inglório sentido do texto 

que invoca coisa louca

mas a fé é já tão pouca

sob uma réstia de encanto.

 

No bolúcio que se adensa

contornos há sinuosos

ardilosos, são testigos

de quem os intenta na avensa.

 

Vil é o ardor que expelem

de intrigas e conjuras

repastam-se os ímpios nas juras

espojam justos nas purgas!...

 

Azuis, verdes castanhos

ou pretos mui denegridos

são tantos os escolhidos

e muitos mais esquecidos.

 

A luz como compassso

e um traço a dar mote

mesmo que já não se note

marca sempre o mesmo passo.

 

Mas esses castanhos,

leais que de os ver solta-se um ai

onde toda a força cai

por tantos,tantos, muitos mais.

 

MC

publicado por mcarvas às 19:06