CENTELHA

19.03.13

Um botãozinho de rosa

Segredou-me de mansinho

Que lhe lesse bem baixinho

Letras de rima, e prosa.

 

Disse-lhe baixinho também

Que rosas, não tem a vida

Rimas, é só a guarida

Que esta vida não tem.

 

Seus olhos grandes, a marear

Ferveram de espasmo, e pranto

Escorrem forte, até quando...

Trapos d'alma encharcados.

 

Perguntei-lhe com temor

De lhe provocar pavor

Centelha, por favor

O que te traz tanta dor?

 

Fitou-me breve de espanto

Por centelha lhe chamar

Que há muito, não ouvia clamar

E ser centelha seu fado!...

 

Soltei-lhe breve, uma rima

Para lhe lavar o fado

Tirar o jugo pesado

De seu rosto de menina.

 

Centelha de luz pequena

Que brilhas, bem junto a mim

Nasçam risos sem fim

Em teus lindos olhos, morena.

 

Rasguem-se os céus telha a telha

Conjurando novo lema

Germine em ti mente amena

Morena, linda centelha.

 

Um Anjo, subiu aos céus

Sobre os braços de morfeu

Levando pensamentos meus

Que agora, também são teus.

 

MC

publicado por mcarvas às 16:17

CONDESSA

19.03.13

Condessa, Condessa mia

Que trazes na alcofa escondida?

Serão frutos de pele despedida

Que na alcova tua Aia fia?

 

Diz-me Condessa, de teus ais...

Quantos soltas por passada?

Pois teus passos enlaçados

Soltam nos Pajens muitos mais!

 

Teus olhos senhora, de cor de amendoa

São luzes deste lugar

O sol mero luar

E seus raios, em ti entoa.

 

Senhora, raio de luz

Que espelhas todo o condado

Sempre que passa no adro

A noite se verga à cruz.

 

Diz-me Condessa singela

Que trajes esses te tecem

Pois mais de aia parecem

 

Sempre que estás à janela

Sorris límpida, sem desdém

Mesmo para alguém sem vintém!

 

Diz-me pois, cara Senhora

Que medos te medram no peito

E te tomam de trejeito?

 

Que as nuvens se adensem a eito

Gravando em si teu feito

E lavem teus medos, agora.

 

MC

 

publicado por mcarvas às 15:59

mais sobre mim

pesquisar

 

Março 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
27
28
29
30
31

comentários recentes

  • Gostei muito desta poesiaLindo,e triste o pobrezi...
  • Lindo, lindo o que aqui li, lembrou-me infância, s...
  • Gostei destas quadras, claro que gostei muito daqu...
  • Adorei.Só hoje dei com o seu espaço, mas vou volta...
  • Olá! Apesar de comentar muito espaçadamente estes ...
  • tenho olhos azuis e sou loiro, a minha namorada te...
  • É bom ter de volta estes preciosos poemas. Fico co...
  • E nas feiras compram votos com canetas e autocolan...
  • Tenho de me penitenciar por ter estado uma semana ...
  • Uma mão cheia de bonitos poemas. Este último, entã...

mais comentados

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro