Um manto me cobriu
de saudade e esperança
na senda da confiança
ousei sorrir, e ele se abriu!

E uma paz me tomou
ao ver-te tão junto, enfim...
esta saudade que há em mim
que tão fundo se implantou.

Não há prazer maior
neste ou noutro mundo
um prazer tão profundo
honrar ser teu portador.

Foi nesse tempo que te vi
e logo ali compreendi
o que é a vida sem ti!...

MC

 

publicado por mcarvas às 14:48