Dois olhos esbugalhados
surgiram tão de repente
cravaram-se em minha mente
tão belos e enclausurados.

Expunham tantos receios
de um nêgro tão defenido
fizeram-me sentir despido
ao vêr que eram tão meigos.

Tão doces teus olhos negros
que me tomaram de repente
consomem-me lentamente
que saudade poder vê-los.

MC

 

publicado por mcarvas às 14:49