Soou um som tão estridente
tão forte e tão profundo
saído do fim do mundo
que estremeceu toda a noite.

E logo se pôs tão escura
escondendo a luz do luar!
Sentia-se ao longe um arfar
como quem anda à procura.

Mas a noite era tão escura
de um nêgro encrustado
que por ali ficou perdido
perdido em sua procura.

Essa noite foi tão longa
que as horas eram dias
dias de vidas vazias
nesta espera se prolonga.

MC

 

publicado por mcarvas às 01:16