Era um momento solene
quando em braços dormias
a leveza que sentias
transpira em meu peito que dorme.

Poder bem alto subir
p'ra mais perto me encontrar
poder-me a teus pés deitar
que teu sono possa sentir.

Quando por fim te encontrar
dar azo a forte sentir
encantos, ainda por vir
teu sono, poder embalar!...

MC

 

publicado por mcarvas às 17:28