Choupana, nome castiço!
Uma imensa terra plana
onde não entra mente insana
tem as feições de feitiço.

Natura de tanta cor
onde um simples escravelho
todo pintado a vermelho
não teme o predador!

Àrvores de grande porte
com côpas tão magestosas
seus troncos são sinuosos
é um chamamento tão forte.

Resistir a este encanto
onde habita vida plena
tão calma e mui serena
seria d'um grande espanto.

Ribeiras tão cristalinas
espraiadas em vendaval
estendem seu avental
com a graça de meninas.

Estações aqui, não tem!
As quatro, rodam n'um dia
a madrugada é mui fria
amenas noites, sabe tão bem.

Sentir a manhã aflorar
num suave bafo quente
que a tarde também o sente!...
Quadro p'ra não olvidar.

MC

 

publicado por mcarvas às 22:57