Penso!

Talvez sim...

Um dia, quem sabe.

Mas em contexto soturno

talvez o brilho de jade

aclare um pouco este outono;

Outrora cálido e sereno

em crepitante pulsar!

De vida...

Paixão...

Quem sabe, um dia talvez !...

sinto-me:
publicado por mcarvas às 19:30