Abre tua mente comclamor
abre teu peito ao sentimento
vive na vida cada momento
sempre, sempre com fulgor.

Retração cria raízes
receios, cultivam mêdos
dos aneis que pões nos dedos
relembra os dias felizes.

Não tenhas mêdo da vida
nem receios no amanhã
que o amor somente apanha
quem lhe concede guarida.

A vida, é joia é flor
é um sopro, uma miragem
só vivendo-a com coragem
se cura e trata a dôr!

É sol, é chuva, é renovo
é uma coisa querida
por cada lágrima vertida
o sol brilha de novo.

MC

 

publicado por mcarvas às 21:09