Subtíl era o momento
que tão breve se esfumou
quan n^gro o camafeu
que irrompeu do relento!...

Baba, soltava às postas
qual algazarra no inferno
que tomou vales e ermos
descarnando as encostas.

Como castigo dos céus
a chuva jorrou a rodos
que elevou côdeas e lodos
para alvitrar tanto réu!

Bem longe surgiu o sinal
de volumosa tormenta
que rasga e arrebenta
rumo ao juízo final.

Que venham então, levem tudo
de putrido e desenganos
consuma mêses e anos
nesse ar servo e mudo...

Caspem-se as unhas dos pés
na passada descontínua
e essa vida de míngua
lavada de lez a lez!

Venha esse sinal,
venha por fim afinal.

MC

 

música: j
publicado por mcarvas às 12:08