Doi amores tive na vida
aos dois amo demais.
Um que me criou
tratou e educou
Outro...outro que me amou.
Minha mãe para Ti Tomas-te
e tão só que me Deixas-te
só não sei porque Quises-te
levar também minha amada.
Que triste sina, esta a minha.
Já não sei o que querer
já não sei o que temer
saber não mais eu te vêr
tanto me faz doer.
Já não quero mais viver
deixa-me partir desta vida
tão grande é a ferida
deixa-me, de amor morrer.
E esta dor que não passa
a vida, perdeu a graça
deixa-me somente partir
que mais Te posso pedir
senão neste momento morrer
Oh Deus! Se de mim gostas um pouco
Talvez a sorte possa ter
de minha mãe voltar a vêr
que me cure desta dor
que me embale mais um pouco
em busca de meu amor.
Dizes Tú que é pecado
a própria morte fazer
a vida passa-me ao lado
que mais posso eu querer?...
Embala-me no teu sentir
Deixa-me contigo partir!...

Até logo meu amor...

 

publicado por mcarvas às 17:50