Tão cansado que já estou
de tanto, eu te chorar
quanta lágrima de dôr
já verti por meu amor.

Tenho o corpo cansado
o peito, amargurado
às dôres, já estou vergado
de me sentir desamparado.

A minha vida é contigo
contigo no pensamento
não tem o dia um momento
que tú, não andes comigo.

Hoje, acordei com teu odor
doce cheiro adocicado
que guardo bem em meu peito
fino aroma de flôr.

É tão dura a verdade
de não te poder abraçar
não tem largura o mar
que prêncha esta saudade!...

 

MC

publicado por mcarvas às 19:19