Vida

17.01.09


Abre tua mente comclamor
abre teu peito ao sentimento
vive na vida cada momento
sempre, sempre com fulgor.

Retração cria raízes
receios, cultivam mêdos
dos aneis que pões nos dedos
relembra os dias felizes.

Não tenhas mêdo da vida
nem receios no amanhã
que o amor somente apanha
quem lhe concede guarida.

A vida, é joia é flor
é um sopro, uma miragem
só vivendo-a com coragem
se cura e trata a dôr!

É sol, é chuva, é renovo
é uma coisa querida
por cada lágrima vertida
o sol brilha de novo.

MC

 

publicado por mcarvas às 21:09

Traços

17.01.09


Um embrulhado de formas
passeava-se pelos céus
sxpondo Deuses ateus
vociferando suas normas.

O vento que então soprava
tocando nuvens em rebanho
entre rasgos de clarões tamanhos
enquanto o trovão ribombava!

Pronto se vestiu de pranto
com um forte cheiro a cinza
que tomou toda a brisa
no poço do esquecimento.

Abrem-se então os portais
a chuva caíndo em bátegas
soltando fortes golfadas
era o vale dos vendavais!...

Onde não pousa terna ave
nem o mais ousado dos animais
intenta transpor seus portais
receios que em mente agrave.

Ou seja tomado em seus braços
este gosto a sal pimenta
que por todo o chão fermenta
quebrando todos os traços.

Nascem demónios putridos
que vertem névoas e sombras
sempre que mais um ser tomba
há festa e risos garridos.

É neste antrio de perdição
que os mêdos mais se afloram
por tudo, já fragas choram
tomando por sua a paixão.

Estes portais lizídios
que cativam a entrada
depois de linha quebrada
renascem filhos perdidos.

Vergados, o silêncio temem
o silêncio que então dorme
o silêncio que consome
é o princípio do fim!...

MC

 

publicado por mcarvas às 21:08

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
24
25
26
28
29
31

comentários recentes

  • Gostei muito desta poesiaLindo,e triste o pobrezi...
  • Lindo, lindo o que aqui li, lembrou-me infância, s...
  • Gostei destas quadras, claro que gostei muito daqu...
  • Adorei.Só hoje dei com o seu espaço, mas vou volta...
  • Olá! Apesar de comentar muito espaçadamente estes ...
  • tenho olhos azuis e sou loiro, a minha namorada te...
  • É bom ter de volta estes preciosos poemas. Fico co...
  • E nas feiras compram votos com canetas e autocolan...
  • Tenho de me penitenciar por ter estado uma semana ...
  • Uma mão cheia de bonitos poemas. Este último, entã...

mais comentados

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro