Meu porto te tome

23.05.09


No meu jardim acordou
logo ao raiar do dia
uma pétala de alegria
que da nebelina brotou!

Desabrocham malmequeres
rosas cravos e jasmins
é de uma ternura sem fim
poder sentir seus odôres.

Entre todos os canteiros
que enchem o ar de côres
somente um em primores
enche o espaço por inteiro.

Tantos foram meus amores
e outros sem tempo não vi
mas quando olhei p'ra ti
na face senti rubores...

Minha rosa d'eleição
por tí construí altares
para enxergar terra e mar
sentindo crescer a paixão.

Alberga em si a saudade
esse pronúncio complacente
qual fio prêso a pingente
que deixa o peito carente.

A alma fica dormente
ao albergar a distância
nesta força quanto alcança
a rota que está pendente.

Que a marezia se acalme
para enxugar esse chão
nos ventos polule a razão
quando em meu porto te tome.

Gravem as estrelas no céu
seu nome longo e rosado
doce botão tão prendado
nesse jardim que é só meu.

MC

 

publicado por mcarvas às 15:55

Dança de estrelas

23.05.09


A dança de estrelas parou
sob um manto denegrido
saltam fagulhas despidas
na noite que despontou!

Acordam sombras fugídias
que morfeu então largou
nestas, a noite pintou
tantas quantas viu perdidas...

Um sílvio no ar soou
crispando mêdos em franja
pelas bordas, já sobeja
tudo do nada sobrou.

Chovem fagulhas de um salto
abeirando-se da entrada
que é tão míngua a sacada
para acolher tanto pranto!

Planta mágua, planta ódio
planta rancor desmedido
de tão só ficou perdido
nas vertentes do abismo!...

A azáfama que se alonga
n'um sustenido menor
tão abrupta, tão maior
e sob o pranto, já se afoga!...

MC

 

publicado por mcarvas às 15:49

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
18
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

  • Gostei muito desta poesiaLindo,e triste o pobrezi...
  • Lindo, lindo o que aqui li, lembrou-me infância, s...
  • Gostei destas quadras, claro que gostei muito daqu...
  • Adorei.Só hoje dei com o seu espaço, mas vou volta...
  • Olá! Apesar de comentar muito espaçadamente estes ...
  • tenho olhos azuis e sou loiro, a minha namorada te...
  • É bom ter de volta estes preciosos poemas. Fico co...
  • E nas feiras compram votos com canetas e autocolan...
  • Tenho de me penitenciar por ter estado uma semana ...
  • Uma mão cheia de bonitos poemas. Este último, entã...

mais comentados

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro